ITIL, CobiT e SOX aliados para a melhoria contínua dos processos de TI

Quem trabalha com processos, independentemente da área, sabe que a adoção de metodologias e ferramentas BPM, tais como PDCA, ITIL e CobiT para geri-los é fundamental para a otimização do fluxo de atividades realizadas, que refletem não só em benefícios internos, mas na satisfação dos clientes, por meio da prestação de serviços de qualidade, fatores essenciais na busca pela melhoria contínua dos negócios.

Porém, muito mais que adotar tais metodologias e ferramentas que auxiliam no mapeamento e gestão dos processos, é preciso estar atento às tendências e novidades apresentadas pelo mercado, adequar-se, e estar preparado para as demandas, novas possibilidades e exigências que surgem a cada dia. De acordo com Octavio Lanna*, especialista em Gestão de TI e Sistema de gestão de serviços de TI: processos ITIL, controles CobiT, adequados a Sarbanes Oxley, a usabilidade e facilidades oferecidas por meio da adoção de ferramentas BPM de gestão permitiram que ele tivesse uma experiência marcante em sua vida profissional, quando trabalhava como gestor de TI em uma grande mineradora e comandava uma equipe de 100 profissionais. “Com a implantação do BPM foi possível organizar o fluxo de tarefas, definir papeis e acompanhar de forma transparente os indicadores gerados a partir das atividades executadas que agregaram melhorias extremamente significativas ao setor de TI e consequentemente à empresa.”

Além disso, outro fator determinante no processo de melhoria contínua dentro das empresas, segundo o especialista, é o reconhecimento por meio de certificações, como a garantida por meio da Lei Sarbanes Oxley, que entrou em vigor em 2002 após escândalos gerados por fraudes contábeis em grandes corporações americanas. A SOX prevê a criação de mecanismos de auditoria e segurança confiáveis e minuciosos dentro das empresas, a fim de trabalhar proativamente na detecção de possíveis fraudes e assim eliminá-las, agindo como mecanismo fiscalizador garantindo o cumprimento das obrigações legais por parte das empresas.

 

Para Lanna, a utilização do BPM e a certificação foram essenciais para a obtenção dos bons resultados alcançados por ele e por sua equipe durante os anos de trabalho com processos uma vez que permitem total controle e monitoramento das atividades, facilitando e agilizando a tomada de decisão, apontando medidas corretivas dentro dos processos executados, eliminando assim a burocratização dos procedimentos realizados sem automação, garantindo o cumprimento dos prazos acordados e a qualidade do serviço prestado ao cliente, além é claro de permitir transparência na prestação de contas nas auditorias.

“Quando ainda não utilizávamos o BPM os processos eram realizados por meio de solicitações que precisavam ser aprovadas pelos superiores do setor. Esse procedimento levava 96 horas para ser realizado e, com a implantação do BPM reduzimos este tempo para 8 horas. Além disso sua utilização é capaz de evitar apontamentos por meio das auditorias”, comenta.

Ainda de acordo com Lanna, que se declara um apaixonado por processos, a implantação do BPM deveria ser feita por todo e qualquer tipo de empresa para otimização dos seus serviços e a SOX tornar-se obrigatória para evitar novas fraudes e golpes voltem a acontecer.“Feliz de quem já descobriu que com a utilização do BPM todo mundo sai ganhando”, ressalta. Lanna acredita que a medição por meio dos indicadores e evidências gerados por meio das ferramentas BPM são a base para a melhoria contínua dos processos e consequentemente dos negócios.

Saiba mais sobre Octavio Lanna e sua experiência com CobiT

Especialista em Gestão de TI e Sistema de gestão de serviços de TI: processos ITIL, controles CobiT, adequados a Sarbannes Oxley, Octavio Lanna é um profissional com sólida experiência em gerência de TI em empresas de grande porte, com MBA em Gestão de Negócios. Ocupou o cargo Gerente Geral de TI em uma grande empresa de mineração, comandou uma equipe de 100 profissionais e desenvolveu um projeto de TI orientada para resultados, alinhada ao negócio, com foco nos processos de Produção e Comercial. Atua desde 2008 como Consultor em TI em diversas áreas.

Post anterior
Mapear o fluxo de trabalho e praticar a melhoria em pequenas empresas
Próximo post
Mapeando atividades e agilizando processos com o 5W2H

Posts Relacionados

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu