Entenda em detalhes o conceito de BPM e como ele se conecta a gestão integrada de processos

Em um mercado de negócios que a cada dia fica mais competitivo, o principal desafio de toda empresa que deseja se sobressair à concorrência é o de produzir mais gastando menos, quer o seu foco de atuação seja o de produtos ou serviços.

Mas não basta apenas aumentar a produtividade. Se a empresa quiser crescer e sobreviver, ela deve agir de forma inteligente e ter foco total na qualidade, sendo capaz de adaptar e melhorar sempre e de forma contínua seus processos de negócio.

O conceito de BPM, ou Business Process Management, refere-se a um conjunto de elementos e metodologias que objetivam justamente uma gestão sistemática e integrada dos ambientes empresariais e das atividades de cada colaborador envolvido em um determinado processo de negócio, buscando torná-lo cada vez mais qualificado, produtivo e lucrativo.

De que maneira implementar o conceito de BPM pode ser vantajoso para a minha empresa?

Traduzido para o português, o termo Business Process Management significa, literalmente, Gerenciamento de Processos de Negócio.

A incorporação do conceito de BPM à metodologia administrativa é essencial, pois ajuda as empresas a detectarem com maior precisão a importância estratégica de seus processos empresariais e as vantagens competitivas que podem advir de uma gestão profissional e integrada deles.

O grande diferencial do conceito de BPM é que ele unifica com excelência duas áreas de suma importância no universo empresarial, que são o gerenciamento de qualidade e a tecnologia da informação.

O conceito de BPM não deve ser visto como uma solução emergencial e momentânea. Embora seus efeitos e melhorias possam ser notados em curto prazo, sua cultura e metodologia devem ser assimiladas de forma permanente e em longo prazo pelas empresas.

Qual a melhor forma de incorporar o conceito de BPM à gestão dos meus processos de negócio?

Introduzir o conceito de BPM em um ambiente empresarial nem sempre é uma missão das mais simples.

Se determinadas etapas do ciclo forem mal conduzidas ou ignoradas, colaboradores e funcionários podem demonstrar certa resistência ou dificuldade em assimilar as novas ideias, o que só trará mais custos para a empresa. E foi visando evitar estes inconvenientes e facilitar a vida de quem trabalha com gestão que surgiu o software HEFLO BPM.

Com diversas funcionalidades e recursos exclusivos, ele permite de forma ampla, transparente e flexível, que os gestores definam, modelem em conta grátis, executem, monitorem e aperfeiçoem seus processos de negócio, melhorando o desempenho da empresa e, consequentemente, aumentando a lucratividade.

Exemplos de empresas que utilizam e conseguiram aplicar com sucesso o conceito de BPM aos seus processos

  • Bodytech: automação de processos, melhor comunicação e produtividade;
  • Brasilcap: empresa de capitalização que investiu em servicedesk orientado por processos;
  • Bureau Veritas: melhoria em produtividadde;
  • SEBRAE: melhora e aprimoramento do sistema de ouvidoria;
  • Tour House: implementação de um centro de serviço compartilhado.
Post anterior
Evento BPMS Showcase 2014 é sucesso de público e crítica
Próximo post
Por que mapear processos? A importância das empresas manterem um controle sistematizado

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu