Ferramentas de gestão de processos: 4 cases de sucesso

Ao decidir pelo uso de ferramentas de gestão de processos numa organizacão, o gestor da empresa se depara com um dilema inicial inevitável: usar uma ferramenta BPM de mercado ou desenvolver internamente seu próprio sistema?

A resposta pode ser dada ao se levar em conta estas 4 etapas cruciais desse processo:

Quem desenpenhará estas tarefas? A que custo?

Na ponta do lápiz, fica claro que o maior custo-benefíco pende para o uso de ferramentas de gestão de processos por meio de sistemas BPM. A vantagens são muitas, veja:

  • Não necessitam de investimento em mão de obra especializada
  • Redução de custos
  • Redução de tempo
  • Autonomia
  • Flexibilidade
  • Eliminação de algumas etapas do processo
  • Soluções adaptáveis
  • Alto controle dos processos
  • Monitoramento detalhado das atividades
  • Alertas de inconformidades
  • Painéis de gestão
  • Suporte técnico

Levando em conta tudo isso, sistemas BPM como o Supravizio da Venki se destacam na criação e na implementação de ferramentas de gestão de processos. Confira, a seguir, alguns de nossos cases de sucesso.

4 cases de sucesso na criação de ferramentas de gestão de processos

SEBRAE Rio de Janeiro

O SEBRAE do Rio de Janeiro foi uma das empresas que se beneficiou do uso do Supravizio para a criação de ferramentas de gestão de processos. As primeiras áreas positivamente afetadas foram Seleção de Estagiários, Gestão Estratégica de Política de Pessoal e Comunicação e Marketing, que relataram as seguintes vantagens:

  • Documentação das atividades
  • Ganho de tempo e operacionalidade
  • Maior segurança dos dados
  • Automação de atividades
  • Pesquisa de satisfação do usuário
  • Aumento de eficiência
  • Facilidade de implantação

Confira detalhes: Dois anos de resultados no SEBRAE/RJ com adoção de BPM

Bureau Veritas

O Bureau Veritas, que presta serviços de certificação, encontrava dificuldades para ajustar alguns importantes processos da empresa, o que vinha gerando:

  • Pouca possibilidade de monitoramento
  • Dados sem segurança ou transparência
  • Informações desatualizadas

Com a utilização do Supravizio para a implementação de ferramentas de gestão de processos, a empresa logo percebeu melhorias, dentre elas:

  • Organização de tarefas
  • Melhor gestão das atividades
  • Aumento de produtividade

Veja mais: Bureau Veritas atesta aumento de produtividade com BPMS

Shared Services na ITMSS

Centros de Serviços Compartilhados ou Shared Services costumam proporcionar uma sensível diminuição de custos operacionais. Uma prova disso foi o resultado obtido pela Tour House ao usar o Supravizio da Venki para a criação de ferramentas de gestão de processos. Por se tratar de uma empresa com forte atuação em serviços como gestão de viagens corporativas, eventos e incentivo, a ITMSS necessitava de uma gestão mais centralizada de seus negócios. Destacam-se os seguintes benefícios alcançados:

  • Centralização das equipes
  • Atendimento personalizado aos clientes
  • Redução dos custos
  • Maior controle
  • Organização das empresas
  • Autonomia operacional das empresas do grupo
  • Aumento da receita

Saiba mais: ITMSS inova com criação de Shared Services baseado em BPM

Case da empresa Alog

Aquele que seria um projeto piloto para a implementação de ferramentas de gestão de processos na empresa deu resultados tão animadores que acabou se tornando um verdadeiro benchmark interno que se alastrou por várias áreas, dentre elas:

  • Operações IDC
  • Engenharia de Redes
  • Produtos
  • Help Desk

Confira: Alog atesta ganhos com automação de processos

 

Post anterior
6 passos para automação de processos de negócio com BPMS
Próximo post
Analista de processos BPM: quem é esse profissional no Brasil

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu