A importância de investir em melhores processos de serviços

Inovação, tendência e garantia de destaque. Investir em processos de serviços de alta qualidade se tornou essencial para o sucesso das empresas.

Desde a época da Revolução Industrial, quando os produtos surgiam a partir de trabalhos feitos em série, de maneira maquinal, sem algo que os diferenciasse até os dias de hoje, muita coisa mudou. O mundo já não enxerga com bons olhos empresas que focam todos os seus esforços na produção de produtos e se esquecem de garantir os serviços relacionados a ele.

A concorrência contemporânea em busca de diferenciais também contribuiu para que fosse criada a necessidade de um desenvolvimento maior no setor de processos de serviços, que visasse não apenas o produto entregue, mas todo seu universo de utilização e vendas.

Por isso, hoje podemos dividir os serviços em dois tipos basicamente:

  • Serviços de custo: logística, serviços financeiros, aluguéis, manutenção e etc…
  • Serviço de valor: inovação, design, marketing e atendimento pós venda.

Serviço desenvolvido, indústria competitiva

Quanto mais eficientes e desenvolvidos forem seus processos de serviços mais competitividade a indústria terá. Antes o resultado de uma empresa se media pelos lucros, hoje a coisa é diferente, bem diferente.

A importância de uma empresa para o seu seguimento é medida pela qualidade dos serviços que ela oferece e isso inclui: marketing de produto, inovação tecnológica e atendimento pós venda. Sim, foi-se o tempo em que a venda acabava quando uma empresa recebia por uma compra. Hoje, quanto mais parcerias duradouras mais garantia de vida longa e sucesso.

Torne seus serviços muito mais padronizados, gerenciáveis e dinâmicos. Conheça o Supravizio, um software service manager que permite modelar, executar e gerir processos de negócios.

A qualidade em processos de serviços se traduz em riquezas

Segundo um estudo da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) nos países desenvolvidos, 65% do lucro bruto da produção industrial advêm de valores extraídos dos serviços prestados. Já nos países emergentes este número cai para 50%.

A diferença entre os valores se justifica pelos processos de serviços serem melhor prestados nos países desenvolvidos, com uma gestão focada na qualidade e no desperdício zero.

E onde se encaixa o cliente dentro dos processos de serviços?

Os clientes não são mais apenas clientes. Hoje podemos chamá-los de parceiros, pois além de ajudarem na evolução de todo o processo eles também contribuem para o marketing positivo. Os cliente podem ajudar a empresa a evoluir e tornarem-se peças essenciais para todo o desenvolvimento do processo.

BPM, uma solução dinâmica para a área de serviços

O BPM é uma ferramenta de gestão que pode ser aplicada em diversos setores da economia: indústria, comércio e serviços. Especialmente neste último setor, onde a coordenação de equipes diversas pode significar um grande obstáculo para o crescimento da empresa ou mesmo ser o ponto final dela.

E é aí que entra a gestão por processos, uma ferramenta fundamental para a promoção de altos níveis de serviço. Graças à automatização de processos é possível promover transparência, definir responsabilidades entre as pessoas envolvidas, padronizar a comunicação, monitorar tarefas e agir de forma proativa evitando não conformidades e trabalhando para a melhoria continua dos serviços prestados.

Post anterior
BPM e workflow não são a mesma coisa: entenda suas semelhanças e diferenças
Próximo post
8 passos para a produção de um fluxograma de recrutamento e seleção

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu