Shared services traz melhoria em todos os níveis de gestão

Shared services são serviços compartilhados, do inglês. Na verdade, para se empregar este conceito, se desenvolve na empresa um Centro de Serviços Compartilhados com o propósito focalizar os esforços da organização em suas atividades fim, aquelas que realmente agregam valor. Assim, este modelo de operação encara os processos como Produtos/Serviços integrados e para tal é preciso:

  • Identificá-los
  • Separá-los
  • Administrá-los

Tudo isso por meio de práticas de apoio e sistemas comuns. Este é o segredo dos shared services: como diz o nome, compartilhar e integrar aqueles processos que não são o foco de atuação da empresa, permitindo que os objetivos estratégicos ganhem mais relevância.

E para tornar um CSC realidade em sua empresa, um sistema de BPM trará ainda mais agilidade, confiabilidade e transparência a esse esforço.

Relembre conceitos: O que é gestão de processos organizacionais?

Principais benefícios dos shared services

Ao se adotar um Centro de Serviços Compartilhados (CSC), diversas vantagens, benefícios e ganhos administrativos são conferidos a várias áreas da empresa. Do nível operacional ao estratégicos, passando pelo tático, shared services trazem ganhos para os processos e para os resultados. Vamos, a seguir, detalhar como este modelo organizacional baseado em shared services afeta positivamente cada um dos níveis de gestão operacional.

Benefícios dos Shared Services no Nível Estratégico

Com a adoção dos Centros de Serviços Compartilhados consegue-se perenizar o conhecimento corporativo desenvolvido ao longo do tempo, o que permite reutilizar práticas e processos em outras áreas e departamentos e diminuir a dependência de terceiros envolvidos na operação.

Com isso, a atividade fim da empresa, seu core business, pode ser o foco das atenções. Outra vantagem dos shared services é a consolidação de KPIs, permitindo aos níveis estratégicos de gestão uma análise mais holística e integrada dos resultados.

Benefícios dos Shared Services no Nível Tático

Como os processos são compartihados, as informações também são, trazendo mais transparência e facilidade para a melhoria contínua, além de dar mais clareza as responsabilidades, permitindo um acompanhamento mais efetivos do desempenho dos gerentes. Com isso, estes profissionais buscam mais especialização e domínio dos processos, beneficiando-se da padronização das atividades e procedimentos.

Benefícios dos Shared Services no Nível Operacional

Com a organização dos processos e atividades com base numa visão de serviços que podem ser compartilhados, consegue-se redução de custos de mão de obra e mais eficiência e eficácia.

Veja um case de sucesso: ITMSS inova com criação de Shared Services baseado em BPM

Post anterior
Otimização de processos industriais: eficiência com realismo
Próximo post
Como melhorar a gestão de sua empresa

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu