Saiba porque adotar uma ferramenta BPM é melhor do que desenvolver um sistema

Quando comparada ao desenvolvimento dos chamados sistemas in house, a adoção de uma ferramenta BPM leva grande vantagem por estabelecer uma ótima relação custo-benefício. Um dos principais fatores que contribui para essa análise é o fato de as ferramentas BPM não demandarem investimento na contratação de mão de obra especializada; seja para a construção, monitoramento ou manutenção do sistema implementado.

Porque adotar uma ferramenta BPM?

Nesse sentido, Edilson Belotto, consultor independente e na área de TI há 25 anos, defende que a implantação de uma ferramenta BPM traz a organização e o monitoramento das atividades e fluxos de trabalho; com redução de tempo, mão de obra e custos demandados no desenvolvimento de um sistema pela equipe interna.

“A opção por uma ferramenta de mercado dá autonomia e dispensa a organização de direcionar analistas de sistemas e programadores para essa tarefa que é árdua e demanda muito esforço.”

A complexidade dos projetos é, aliás, uma das principais dificuldades apontadas pelo especialista para gestores que optem pelo desenvolvimento de sistemas in house.

“Em modelos como este, é preciso realizar reuniões para analisar isoladamente cada etapa do trabalho. É um processo que demanda prazos extensos no cumprimento das atividades. E alguns desses passos simplesmente são eliminados quando se opta por uma ferramenta BPM”, assegura.

Porque ferramentas BPM oferecem maior flexibilidade

A flexibilidade é outro quesito que conta a favor das ferramentas de mercado, como menciona Edilson Belotto. O consultor afirma que tais ferramentas são desenvolvidas tendo como ponto de partida o pressuposto de agregar necessidades detectadas em cada organização e, por isso, são facilmente adaptadas não só a diferentes áreas de atuação; mas também aos mais diversos setores da empresa com relativa facilidade.

“São ferramentas que permitem o controle total dos processos por meio do acompanhamento detalhado da realização das atividades. Os alertas sobre anomalias são outro indicador importantíssimo para que o gestor saiba exatamente o que e de quem cobrar. Informações geradas de forma segura e confidencial em quantidade e com qualidade, para que haja pleno conhecimento de como as coisas acontecem. Criar um sistema desse tipo é um procedimento complexo que demanda tempo, especialização e intenso envolvimento da equipe de TI. Vale muito a pena a adoção de ferramentas BPM existentes no mercado e que ainda agregam suporte especializado”, arremata Belotto.

 

Post anterior
Para entender o conceito de Escritório de processos
Próximo post
As vantagens de uma ferramenta BPM na gestão de TI

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu