Entenda a metodologia Six Sigma, como ela surgiu e quais são suas 5 etapas essenciais

A metodologia Six Sigma é uma forma de gerenciamento empresarial extremamente qualificado, eficiente e eficaz, que adota como principal mote a correção de defeitos nos processos das organizações e a melhoria e otimização dos mesmos processos por meio do corte de custos desnecessários.

Antigamente, a metodologia Six Sigma costumava ser aplicada somente no setor de manufatura, na fabricação de produtos, mas ao longo do tempo ela evoluiu e atualmente tem presença marcante também no setor de serviços.

Também conhecida como 6 Sigma, ela se vale principalmente de dados e análises estatísticas para mensurar o nível de qualidade operacional de uma empresa, descobrindo falhas nos seus processos e desenvolvendo soluções que agem diretamente na origem do problema.

Como foi criada a metodologia Six Sigma?

Sigma é uma letra do alfabeto grego utilizada como medida de variação estatística. Quando aplicada no universo da gestão de negócios, ela refere-se à frequência com que determinado processo da empresa se distancia da perfeição e consome mais recursos do que o mínimo necessário para satisfazer o cliente. O sigma considera a ocorrência de defeitos dentro de um determinado número de oportunidades.

Na década de 20, o engenheiro norte americano Walter Andrew Shewhart, especialista e pioneiro no controle estatístico de qualidade, definiu que um processo que apresentasse variação igual ou acima de três sigma de sua média normal necessitava ser revisado e corrigido, sendo que os níveis de qualidade eram mensurados num universo de milhares de oportunidades.

Mas na década de 80 uma equipe de engenheiros da Motorola, comandada por Bob Galvin e Bill Smith, constatou que estes números não traziam resultados realmente bons, então passaram a mensurar os níveis de qualidade não mais em milhares, mas em milhões de oportunidades.

Assim nasceu a metodologia Six Sigma, conhecida por sua excelência e utilizada por empresas do mundo todo, cujo nível de qualidade gera apenas 3,4 defeitos por cada milhão de oportunidades.

As cinco etapas essenciais para o planejamento e execução da metodologia Six Sigma

  • Definir: determinar as principais necessidades da empresa e os pontos mais importantes para a qualidade dos processos envolvidos no negócio.
  • Mensurar: medir e avaliar o desempenho destes processos.
  • Analisar: estudar e mapear os dados colhidos, para que seja possível apontar a origem dos problemas nos processos e identificar oportunidades de melhorá-los.
  • Melhorar: otimização dos processos, por meio da implantação de soluções que sejam ao mesmo tempo corretivas e preventivas.
  • Controlar: acompanhar o efeito das soluções a curto, médio e longo prazo, controlando o desempenho dos processos e apontando eventuais novas melhorias.

Agora que você já sabe o que é a metodologia Six Sigma, veja também o conceito de BPM e entenda como ele se conecta à gestão integrada de processos. Conheça também a metodologia 5W2H

Post anterior
Entenda os aspectos mais relevantes do sistema de gestão por resultados
Próximo post
Saiba por que a tecnologia BPM é uma peça-chave para automatizar processos de negócio

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu