Conheça seis técnicas essenciais para uma boa liderança

A maioria dos profissionais ao atingir cargos de gerência, direção ou administração, costuma cometer o mesmo equívoco de julgar que ser líder é apenas comandar aos outros. Uma liderança ideal vai muito, além disso, e para ser exercida com maestria ela requer certas habilidades, tais como a capacidade de motivar e conciliar pessoas.

Desenvolver boas governanças não costuma ser tarefa fácil, pois administrar trabalhos em equipe requer uma rara cadência, que possibilite o desenvolvimento profissional e torne a rotina no trabalho agradável para todos.

Para atingir esse equilíbrio ideal, existem seis técnicas de liderança que mais do que essenciais, são obrigatórias para qualquer bom profissional que trabalhe com gestão e administração de empresas.

Veja também: Com as técnicas certas de criatividade é possível estimular a mente e deixá-la mais produtiva e dinâmica.

Top 6 das técnicas de liderança fundamentais à qualquer gestor

  1. Liderar treinando liderados: Um bom líder não teme eventuais competições e tem sempre os melhores interesses de sua empresa em mente, o que o leva a treinar assistentes para que algum dia, se necessário, eles sejam capazes de assumirem a liderança.
  2. Aprender sempre: O bom líder está sempre em busca de conhecimentos que lhe permitam aprimorar suas técnicas de liderança. Alguns exemplos são a leitura de livros, a participação em cursos, palestras e workshops e a troca de experiências com outros profissionais.
  3. Ser flexível: Regras e rotinas exageradamente rígidas empobrecem qualquer boa liderança. Tenha em mente que mudanças são inevitáveis no caminho do verdadeiro progresso, e mentalidades muito conservadoras impedem o crescimento da produtividade.
  4. Conhecer aqueles que você lidera: Entusiasmo é tão importante quanto inteligência e habilidade. Tente descobrir os interesses que movem seus liderados e sempre procure descobrir o que os estimula e encoraja.
  5. Ser coerente: Ninguém confia em líderes de humor instável, hora calorosos e hora indiferentes, que em um momento são cordiais e no outro desagradáveis. O ideal é ser ponderado, comedido e profissional nas atitudes e reações.
  6. Admitir seus próprios erros: Um verdadeiro líder admite erros e os corrige com humildade. Ele nunca se esquiva de responsabilidades e tampouco as transfere a seus subordinados.

Saiba quais são os principais exemplos de fatores críticos de sucesso nas empresas.

Post anterior
A importância da qualidade hospitalar no Brasil
Próximo post
Entenda o que é qualidade total e como ela está relacionada com a gestão de melhoria contínua

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu