Saiba o que são processos de gestão de projetos e entenda detalhadamente suas funções

O que são projetos?

Por definição, projeto é um conjunto de atividades temporárias, normalmente realizadas em grupo, cujo objetivo é produzir um determinado bem, serviço ou resultado. Projetos são temporários, com início meio e fim bem delimitados, objetivos claramente definidos e recursos bem planejados para sua obtenção.

Desenvolver um software, construir um edifício, produzir um automóvel. Todas essas atividades passam por projetos cuidadosamente desenhados e planejados.

E o que são processos?

Processos são conjuntos de ações e atividades integradas cujo objetivo é gerar o agrupamento pré-definido de produtos, resultados ou serviços. Eles normalmente pertencem a dois grupos elementares: os processos de gestão de projetos e os processos orientados ao produto.

E a gestão de projetos?

A gestão (ou gerenciamento) de projetos refere-se a utilização conjunta de conhecimentos, habilidades e metodologias voltadas para execuções eficientes e eficazes de projetos.

Durante muitos anos essa gestão era feita de forma informal ou amadora, mas atualmente o gestor de projetos é visto como um profissional distinto e de suma importância para as organizações, que enxergam nele a pessoa capaz de unir estrategicamente os resultados dos projetos aos objetivos do negócio, tornando as empresas mais competitivas em seus respectivos mercados.

Existem cinco grupos de processos de gestão de projetos: (1) iniciação, (2) planejamento, (3) execução, (4) monitoramento e controle, (5) encerramento.

Conheça e entenda melhor cada um deles a seguir.

Os cinco grupos de processos de gestão de projetos e suas respectivas atribuições

Os cinco grupos de processos de gestão de projetos estão ligados uns aos outros por suas respectivas entradas e saídas, onde o resultado final de um processo constitui o início de outro.

  • Processos de iniciação: define e autoriza o projeto ou uma fase dele
  • Processos de planejamento: esclarece e aprimora os objetivos, planejando as ações necessárias para realizá-los.
  • Processos de execução: integra pessoas e outros recursos para produzir as entregas e informações sobre o desempenho do respectivo projeto.
  • Processos de monitoramento e controle: mensura e monitora com frequência o progresso do projeto, a fim de identificar possíveis variações e discrepâncias em relação ao plano inicial e corrigi-las quando necessário.
  • Processos de encerramento: Finaliza todas as atividades de todos os grupos de processos de gestão do projeto, visando completar formalmente o respectivo projeto (ou uma fase dele) e formalizar a aceitação do produto, serviço ou resultado para o qual ele foi dedicado.

Veja também: Metodologia BPM, o sistema mais eficiente e eficaz para o gerenciamento de processos.

Post anterior
A gestão de serviços é um poderoso diferencial em um mercado tão competitivo e exigente
Próximo post
Certificações em segurança da informação: por que elas são tão valorizadas pelo mercado brasileiro?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu