11 dicas para implantar o Controle de Qualidade Total

O Controle de Qualidade Total – TQC – ou Total Quality Control é um sistema de gestão da qualidade que busca transcender o conceito de qualidade aplicada ao produto.

No Controle de Qualidade Total a qualidade é entendida como a superação das expectativas não apenas dos clientes, mas de todos os interessados e envolvidos no processo de fabricação, desenvolvimento, venda e compra.

O objetivo principal de uma empresa focada no Controle de Qualidade Total é a satisfação das necessidades das pessoas: consumidores através da qualidade, empregados através do crescimento humano, acionistas através da produtividade e vizinhos através da contribuição social.

Entenda como melhorar a qualidade e a produtividade nas organizações.

Basicamente, TQC é o controle exercido por todas as pessoas para a satisfação das necessidades de todas as pessoas, tendo como prioridade oferecer um produto com ausência total de defeitos e a prestação do melhor serviço possível, sem erros.

Por essa razão é função do Controle de Qualidade Total empregar um padrão de excelência em todos os produtos ou serviços que uma empresa, grupo ou organização esteja trabalhando ou produzindo.

Implemente as 9 regras para a qualidade total nas empresas.

Os 11 pilares que formam o conceito de Controle de Qualidade Total – TQC

1. Orientação pelo cliente: produzir e fornecer serviços e produtos alinhados com as necessidades e desejos dos consumidores.

2. Qualidade em primeiro lugar: ausência de erros.

3. Sobrevivência através do lucro continuo: pelo domínio da qualidade.

4. Ações orientadas por prioridades: identificar o problema mais crítico e solucioná-lo com prioridade.

5. Ação orientada por fatos e dados: falar, raciocinar e decidir tendo como base fatos e dados seguros.

6. Controle de processos: a tomada de decisões corretivas deve acontecer durante os processos e não a partir dos resultados. O resultado final é tardio para se tomar ações corretivas.

7. Controle da dispersão: observar cuidadosamente a dispersão dos dados e isolar a causa fundamental da dispersão.

8. Quem manda é o cliente: o cliente é um rei ou uma rainha com quem não se deve discutir, mas satisfazer os desejos desde que razoáveis. Identifique suas necessidades.

Veja como escolher um sistema para controle de vendas ideal para sua empresa

9. Ação de bloqueio e correção de falhas: não permita que um mesmo engano ou erro aconteça duas vezes. Não tropece na mesma pedra. Realize uma ação preventiva de bloqueio e correção para que o mesmo problema não ocorra outra vez pela mesma causa.

10. Respeito pelo empregado como ser humano: respeitar os empregados como seres humanos independentes, significa educar, treinar, delegar tarefas, dar autonomia, fornecer um programa de desenvolvimento pessoal, etc.. Invista e apoie mentes habilidosas.

11. Comprometimento da alta direção: todos devem se comprometer com a qualidade, a começar pela diretoria. O exemplo é a melhor forma de educação. Diretores, gerentes, técnicos e operadores precisam trabalhar juntos.

Um produto ou serviço de qualidade é aquele que atende perfeitamente, de forma confiável, acessível, segura e no tempo certo as necessidades de um cliente. Portanto, em outros termos pode-se dizer que qualidade é realizar um projeto sem defeitos, com baixo custo, seguro, entregue no prazo certo, no local certo e na quantidade certa.

Face as constantes mudanças no cenário mercadológico, sobreviverão somente os melhores, os mais adaptáveis e mais bem preparados.

 

Post anterior
Aumente seu desempenho melhorando seus processos de negócio
Próximo post
Mapeamento de processos, uma metodologia para um melhor controle

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu