A rede de academias Bodytech encontrou no BPM da Venki a solução automação dos processos administrativos

Inteligência na gestão: o uso do BPMS na Bodytech

Posted Venki Cases

A ferramenta BPMS vem ajudando empresas de pequeno, médio e grande porte a dinamizarem suas atividades, além de resolver gargalos relacionados à produtividade e qualidade. Porém, um segmento empresarial vem se destacando no uso das ferramentas de automação: as que propõem e oferecem algum tipo de inovação em seu nicho de atuação. É o caso da Bodytech, empresa especializada em qualidade de vida.

O uso do BPMS na Bodytech é recente, mas já permitiu que todas as áreas envolvidas nos processos tenham uma visão mais ampla de suas interfaces e do processo como um todo, além de possibilitar a medição das atividades de cada área. A gerente de Processos, Amanda Torres, afirma que a comunicação eficaz é a principal vantagem da ferramenta. “Com o Supravizio a Bodytech melhorou a comunicação entre as áreas envolvidas em cada um dos processos, através do envio e recebimento de comunicados. A implantação do sistema diminuiu muito a quantidade de envio de e-mails entre as áreas. Além disso, nos possibilita incluir e medir o tempo de execução de cada uma das atividades, nos dando maior possibilidade de gerir os processos”, descreve

Amanda conta que a automação dos processos trouxe a certeza de que o planejamento seguirá todo o fluxo mapeado, sem pular qualquer ponto de controle, aprovação e/ou atividade. “A automação dos processos nos permite enxergar de forma mais clara as oportunidades de melhorias”, completa.

Por ter nascido com uma visão moderna, voltada ao Novo Mercado, a empresa tinha o objetivo de implantar a gestão de processos e, ao conhecer a ferramenta Supravizio, identificou a oportunidade de implantar a gestão de processos, já com uma ferramenta de automação. Amanda explica que a estruturação da Gerência de Processos já se deu com a ferramenta de automação.

Atualmente a Bodytech está melhorando os processos de dois setores da empresa: a Gerência de Departamento Pessoal e a Diretoria de Obras. O uso do BPMS na gerência de DP está permitindo que os processos sejam revisitados e melhorados. Já na Diretoria de Obras, uma área mais nova na empresa, o Supravizio deve proporcionar maior conhecimento dos processos e identificação de quais podem ser automatizados. De acordo com Amanda Torres, os processos das duas áreas possuem muitas interfaces com demais áreas e a automação permitirá um maior controle destas interfaces.

A Bodytech e a Gerência de Processos

A Bodytech possui unidades operacionais que compõem a rede consideradas verdadeiros centros de atividades físicas, esportes, bem-estar e lazer para toda a família e estão distribuídas pelos principais estados brasileiros. Totalmente inserida no conceito de wellness, que busca promover a saúde física, mental e espiritual dos seus clientes, a Bodytech rapidamente se tornou referência no mercado brasileiro pelo seu altíssimo padrão de qualidade em infraestrutura e serviços. Amanda Torres é Gerente de Processos, área criada recentemente, vinculada à equipe do coordenador André Hermínio.

One thought on “Inteligência na gestão: o uso do BPMS na Bodytech

  • Ana Carolina says:

    Quais as dificuldades encontradas na implantação do BPM na bodytech???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.